Tipos de pedras semi preciosas

Quais são as pedras semi-preciosas?

Uma pedra semi-preciosa é conhecida também por gema. É uma porção de mineral em forma lapidada ou polida. É usada para criação de jóias e outros enfeites. Existem também pedras semi-preciosas oriundas de material orgânico que não minerais como o ambar e a pérola.

Essa classificação das pedras é meramente comercial e foram criadas por comerciantes. Há anos havia a falsa impressão de que as pedras preciosas eram mais valiosas que a semi-preciosas. As pedras semi-preciosas são a ametista, citrino, turquesa, topázio, peridoto, granada, turmalina, quartzo Rosa, opala, pérola, água marinha, onix, malaquita, jaspe, moonstone, tazanita, e outras. Esse website aqui apresenta várias pedras e jóias.

Pedra Ametista

por exemplo pertence ao grupo de quartzo de minerais e é muito valioso. Possui uma cor violeta vibrante.  Recebe essa cor em razão de alumínio e impurezas de ferro. Ametista possui muitos poderes especialmente para acalmar e estimular emoções e a mente. Transmite  a energia de paixão e do fogo.

Pedra Citrino

é uma pedra preciosa muito popular oriunda da grande família de quartzos.  Deriva da palavra francesa “citron” que significa limão. O citrino é dourado como a cor de limão. O Citrino traz o poder do sol, é animador e caloroso dando vida revigorante. Acredita-se que esse cristal tem muitas energias, é a da vontade pessoal e manifestação.

 Pedra Turquesa

é um mineral opaco e azulado derivado do nome “turquia” que foi o primeiro país que trouxe para a Europa do Irã. A turquesa  foi minada há mais de 4.000 anos na península do Sinai pelos egípcios e foi minada por pelo menos dois mil anos no Irã. Os Estados Unidos também possuem grandes minas dessa pedra.  O seu uso é muito popular como joia indiana nativa. A turquesa foi usada como amuleto para proteção por povos nativos. Acreditava-se na proteção contra danos e energia negativa. É símbolo da amizade.

Pedra Topázio

foi descoberto há dois mil anos pelos egípcios. Foram os primeiros a usar a pedra preciosa. Contém hidroxilo e flúor que o tornam um silicato de alumínio. Na sua forma mais pura é incolor.

Topázio azul é usado em busca do perdão, desenvolver perseverança e conciliar diferenças. Muito usado de excelente forma para curar vícios e comportamentos destrutivos. Ajuda a trazer alegria e confiança.

Pedra Peridoto

é encontrado apenas na cor verde o que é raro uma pedra ser encontrada apenas em uma definição de cor. O peridoto deriva da palavra árabe “faridat” que significa gema. Pode ser encontrado nos Estados Unidos Ásia e Oriente Médio. Peridoto ajuda a concentrar-se e aprender novas habilidades. É muito usado como pedra da cura e também conhecido como “pedra de estudo”.

Pedra Jade

as únicas formas puras de jade são nefrite e jadeite.  A história da Jade remonta há vários milhares de anos quando foi usada para confeccionar ferramentas e armas por causa da sua força. A origem do nome é espanhol significa “pedra de ijada” traduzindo significa pedra para a dor. A Jade é conhecida por transmitir riqueza, ativar o carinho e autocura. Também oferece segurança contra adversidades e calamidades.

Pedra Granada

existem 7 tipos de Granada (spessartie, grossularite, almandine, pyrope, andradite e uvarovite) todas as granadas derivam da África. Recebeu o seu nome em 1994 por ser mais encontrada em Mali um país da África ocidental. A mais tradicional possui uma cor vermelha profunda e é a mais tradicional das gemas. A granada é útil para atrair atenção e compromisso transmite felicidade e potencializa energias.

Pedra Turmalina

significa pedras de cores misturadas e se origina do termo “turamali”. Possui um espectro de cor bastante exclusivo o que deixa sozinha no mundo das pedras preciosas. A Turmalina é usada para garantir um futuro monetário sólido e para desenvolver força física. A Turmalina mais cara é a turmalina da Paraíba encontrada apenas em três lugares no mundo um deles é no Brasil em São José da Batalha.

 

Tipos de pedras preciosas

A lista das Pedras Preciosas

Os diamantes.

O diamante é a mais popular de todas as pedras preciosas. É a pedra preciosa mais valorizada e demora milhões de anos para se formar. Ele é composto por carbono puro que  é a substância natural mais difícil de ser encontrada no planeta. Os diamantes são fortes e possuem o grau de dureza de 10. Só podem ser cortados ou polidos por outro diamante. Podem inclusive ser usados na indústria em razão da dureza.

A palavra diamante é oriunda da palavra de origem grega “adamus” que significa invencível. Diamantes são incolores mas o espectro de luz podem resultar em coloração amarela, marrom, verde, roxo, rosa, azul, cinza e outras. Tais cores podem ser encontradas ao longo do espectro do diamante. Os diamantes são medidos pelo quilate quanto maior o peso do quilate e o nível de pureza da pedra mais valioso.

As Esmeraldas.

Esmeralda é conhecida pela sua intensa cor verde brilhante. Também podem ser em tons azuis ou amarelos e perdem toda essa cor se forem submetidas a elevado grau de temperatura. São pedras bastante quebradiças e difíceis de manusear em confecção de jóias por essa característica.

As primeiras esmeraldas foram extraídas no alto Egito no ano 2.000 AC. Existiam em todo o reinado de Alexandre “o grande” e foram recolhidas por Cleópatra. Os povos Astecas e Incas também cobiçavam as esmeraldas bem como os mongóis e na Índia. Reverenciavam tanto essa pedra que escreveram as gemas nos textos sagrados para serem usadas para afastar o mal.

Atualmente, a maioria das esmeraldas são encontradas no Brasil, na Zâmbia e Colômbia.

O Rubi.

O rubi é uma pedra preciosa rosa ou vermelha profunda. O nome é de origem latina “ruber” que significa vermelho.  Simbolizam boa sorte. Para o povo Hindu o rubi era uma proteção contra o mal. Atualmente o Rubi simboliza o amor e a paixão.

Eram apreciados também pelos antigos guerreiros chineses que eram conhecidos por usar rubis nas armaduras. São extraídos em grande quantidade no sudeste asiático.

A Safira.

A Safira possui uma variedade considerável de cores, mas a principal é associada a cor azul escura. Podem ser também encontradas na cor rosa, branca, amarela, laranja… A Safira atualmente representa paz e serenidade. Antigamente era vista para representar pureza, sabedoria, lealdade e fé. São extraídas de toda a África e a Ásia e podem ser encontradas também na Austrália e nos EUA.

A grande diferença entre pedra preciosa e semi preciosa

Qual a diferença entre uma pedra preciosa e uma semi preciosa?

As pedras preciosas são categorizados com base unicamente em sua raridade. As pedras encontradas em abundância são rotuladas como semi-preciosa enquanto que uma pedra mais rara seria categorizada como preciosa por ser mais valiosa. Diamantes, rubis, safiras e esmeraldas são categorizadas como pedras preciosas. Todas as outras pedras seriam semi-preciosas.

A distinção básica entre pedras preciosas e semi-preciosas é sua raridade e qualidade. Apesar dessa distinção e classificação não é verdade afirmar que pedras preciosas são necessariamente sempre mais valiosas e raras que as semi-preciosas. Por exemplo, uma apatita classificada como pedra semi-preciosa pode ser mais valiosa que uma esmeralda que é classificada como pedra preciosa. O valor é medido por vários fatores diferentes. Necessariamente, as pedras preciosas não possuem mais valor que as pedras semi-preciosas, esse rótulo na verdade é utilizado para vender ou promover de jóias.

Quais são as pedras preciosas

Quais são as pedras preciosas?

Pedras preciosas são definidas muitas vezes pelo termo gemas. São criadas a partir de rochas ou minerais e são usadas em jóias ou até mesmo como moedas. Esse termo gemas foi criado nos anos 1800 para se referir a quatro pedras específicas: o diamante, o rubi, a esmeralda e a safira.

As pedras são valorizadas pela riqueza de sua cor e translucidez com exceção do diamante que é incolor.